sábado, 19 de maio de 2012

Música... para os meus ouvidos # 16


Já passaram dois anos e tal
E do Xico nem sinal
Há quem diga que emigrou
Há quem diga que encontrou
Uma brasileira que não esta nada mal

E a Dolores todos os dias o espera
Com a sopa ao lume e o prato do costume
Finge não ouvir a vizinhança
E pede a Deus um pouco mais de esperança

Ó Xico, Ó Xico
Onde te foste meter?
Ó Xico, Ó Xico
Não me faças mais sofrer

Desde pequena Dolores sonha em encontrar
Um português com olhos cor de mar
Ninguém entendia o porquê da maluqueira
Que tinha pelo outro lado da fronteira

Conheceu o Xico em Almerimar
E logo ali decidiram casar
Dolores levou o essencial
A velha caixa de costura e o avental

Ó Xico, Ó Xico
Onde te foste meter?
Ó Xico, Ó Xico
Não me faças mais sofrer

Viveram dez anos sem igual
Ninguém previa tal final
Agora diz Dolores com lamento

“De Espanha nem bom vento
nem bom casamento”

Ó Xico, Ó Xico
Onde te foste meter?
Ó Xico, Mi chico
Não me faças mais
No me hagas más
Não me faças mais sofrer

2 comentários:

  1. ola!!!!!

    adorei o teu blog e por isso ja sou membro! sera que podias
    fazer uma visitinha ao meu e aderires? obrigado ;-) bjs grandes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado!
      Aproveita e participa nos passatempos a decorrer no estaminé!
      Brevemente terei novidades ;)
      jnhs***

      Excluir